PR registra 44 novos casos de sarampo em apenas uma semana

143

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) divulgou no fim da tarde da última quinta-feira, 10,  mostra crescimento expressivo nos casos de sarampo. Ao todo, são 103 pessoas moradoras do Paraná que tiveram ou estão com sarampo. No total, 80 casos são de Curitiba e outros 18 na região metropolitana. As cinco confirmações restantes estão em Jacarezinho (1), Ponta Grossa (1), Maringá (2) e Rolândia (1).

“Os casos aumentam e demonstram a necessidade de vacinar a população preconizada contra a doença. Solicitamos que as mães, pais ou outro responsável, levem a criança até uma das salas de vacinação distribuídas em nosso Estado”, diz a coordenadora de Vigilância Epidemiológica da Secretaria, Acácia Nasr. Segundo ela, uma doença altamente transmissível e que pode ser acompanhada de complicações graves.

E como o vírus não circulou no Paraná por mais de 20 anos, muitas pessoas não tiveram contato com o sarampo e não se sentem o risco de contaminação ou transmitir para alguém. “Por isso nós e o Ministério da Saúde nos mobilizamos para alertar e chamar a população para a vacinação”, afirma.

Em 2016, a dose 1 chegou a 91% de cobertura, em 2017, manteve o mesmo percentual, em 2018 este número baixou para 88% e em 2019, de janeiro ao dia 9 de outubro de 2019 a cobertura foi ampliada e se atingiu 92,7%. Embora 2018 e 2019 sejam dados preliminares, é possível verificar que o índice aumentou em 5%.

Campanha

Começou na segunda-feira (7) a primeira etapa da Campanha de Vacinação contra o sarampo. O grupo preconizado pelo Ministério da Saúde neste momento é de crianças entre seis meses e cinco anos incompletos e se deve ao fato desse grupo sofrer mais sequelas da doença. No sábado (19) será realizado o dia D nesta fase que segue até o dia 25 de outubro, quando todas as Unidades Básicas de Saúde estarão abertas.

COMPARTILHAR