Dennis Jiu-jitsu Club/Lead Bjj: excelência na formação de campeões

309

Se há algo que não cabe no vocabulário do professor Edenilson Roberto Siqueira de Lima, o Dennis, é o verbo acomodar. O professor responsável pela equipe Dennis Jiu-jitsu Club/Lead Bjj, uma das mais vitoriosas do interior do Paraná, está nos Estados Unidos em busca de se aprimorar, mesmo com a experiência na formação de atletas há aproximadamente 20 anos.

“É uma troca de conhecimento importante com brasileiros que foram para os Estados Unidos e com os americanos que aprenderam a técnica. Tudo isso, para levar ainda mais conhecimento para os nossos atletas”, destacou o faixa preta. Dentre os contatos que Dennis teve nos EUA foi com o campeão mundial Robson Moura. Os dois se encontraram em um seminário em High Point, na Carolina do Norte. “Com certeza, levarei muito mais novidades e inovações para que a nossa equipe cresça cada vez mais”, garantiu o professor.

Robson Moura e Dennis em seminário nos EUA

Balanço

Com pouco mais de duas décadas dedicadas ao Jiu-jitsu, Dennis se orgulha dos campeões que já ajudou a formar. São competidores que atuam desde a faixa branca até a faixa preta, nas mais variadas categorias. Em uma rápida passagem pela lista, surgem diversos nomes.

Dijackson Willian, Daniela Alzira da Silva Arouca, Renato dos Santos Tagliari, Jonathan Daltio Rossi, Juares Santos, Anderson Augusto Sarris, Allyson Batista Paio, Reinaldo José dos Santos, Paulo Benatto, Samuel Naion, Eder Fernando Duarte, Everton Cruz, Gabriel Henrique Marques, Pedro Andrade, Thiago Henrique Lima, Jonathan Bravin, Davi Bravin, André Henrique, Emerson Aquino, Carla Kisvardai, Barbara Gouveia, Leonardo Andrade, Fabricio Almeida, Hevelyn Moura Rocha, Danilo Coradine, Guilherme Souza, Douglas Guilherme da Cruz, Guilherme Bardi, Guilherme Correa, dentre outros competidores já conquistaram feitos importantes no Brasil e exterior.

“São muitos nomes que graças a um trabalho de equipe conseguimos formar e trabalhar para que eles pudessem ser campeões. E esse trabalho não vai parar”, ressaltou Dennis. A formação de atletas foi aprimorada após a parceria com o professor Bruno Bastos comandante da equipe Lead Bjj. No Brasil, Dennis é um dos representantes.

Bruno Bastos e Dennis – parceria com a Lead/BJJ

Segurança

Além da formação de atletas e dos benefícios para uma vida saudável para qualquer praticante do esporte, a equipe Dennis Jiu-jitsu Club tem dado uma expressiva colaboração para a segurança pública. Dezenas de atletas graduados têm atuado em suas unidades policiais como multiplicadores da arte suave.

Hoje, a equipe coordenada por Dennis tem ao menos cinco policiais na faixa preta, além de outros atletas em formação nas faixas marrom, roxa, azul e branca. “O jiu-jitsu na minha vida foi em princípio para saúde, mas hoje em dia, utilizo tanto para manter uma vida saudável quanto para minha profissão como meio de defesa pessoal. O esporte já me livrou de várias situações que se não soubesse essa arte marcial estaria em apuros”, destacou o agente da Guarda Municipal de Sarandi e professor Eder Duarte, que recentemente conquistou a medalha de bronze no aberto de Orlando nos EUA.

Outro que multiplica o esporte dentro da unidade de trabalho é o policial militar Helder Palma, que faz parte da Tropa de Choque da PM. “O jiu-jitsu me dá muita confiança para o trabalho. Tanto física quanto psiquicamente. Como tenho a técnica, a minha arma de fogo acaba sendo o último recurso a ser empregado”, ressaltou. O faixa marrom Daniel Arouca que também integra um dos grupos de elites da PM criou uma espécie de ‘manual’ tático para facilitar a ação do policial em uma ocorrência.

“O esporte funciona como uma válvula de escape para o estresse do dia a dia, para a qualidade de vida, além das técnicas de abordagem que são extremamente eficientes”, completou o competidor.

Livro

Com mais de duas décadas dedicadas ao esporte, Dennis recentemente, lançou um livro que é uma espécie de guia para praticantes de Jiu-jitsu. Trata-se de um guia prático para posições de Jiu-jitsu dividido em três volumes – raspagens; quedas e passagens de guarda; finalizações, defesas e saídas. O guia completo pode ser acessado aqui.

Faixas pretas

Com a permanência temporária nos Estados Unidos, em campeonatos locais e fora do país, Dennis conta com o suporte dos quase 30 faixas pretas formados ao longo dos anos como professor. “São pessoas de minha total confiança. Quando entrego a faixa preta a um aluno é porque ele está apto e me representar, quando não posso estar na academia”, completou o professor. Para ser mais exato, são 29 faixas pretas.

Atualmente fazem parte do seleto grupo de faixas pretas da equipe:

Alessandro Cristiano Palomares
(Preta 1 grau)
Esdras Roberto da Silva
(Preta 1 grau)
Thiago Henrique Lima
(Preta 1 grau)
Allyson Batista Paio
Anderson Augusto Sarris
Carlos Alexandre Bacchi Elvira
Dijackson Willian da Cruz
Eder Fernando Duarte
Fabio Bertalha Yaegashi
Helder Palma dos Santos
Jonathan Daltio Rossi
José Guilherme Correa
Juliano Fabrício dos Santos Neto
Leonardo Filho
Luciano Ferreira Vitor
Marcelo Aparecido Valdevino
Marcos Aurelio Pires de Souza Junior
Marlon Diego Copeli
Michel Corci Batista
Paulo Ricardo Benato
Pedro Henrique Andrade dos Santos
Rafael Marins Dias
Regis Rodrigo da Silva
Rodrigo Gregorio da Silva
Sérgio Veríssimo de Souza
Diego Nunes Pinheiro
Leandro de Mattos Piornedo
Leandro Farnese Teixeira
Marco Aurélio Ferreira

COMPARTILHAR