Veja o vídeo: mãe que recebeu ajuda do programa Pinga Fogo consegue a guarda do filho

606

Um drama familiar que começou ainda em fevereiro deste ano teve um final feliz nesta semana. Voltou para casa, o menino de 8 anos, que no início do ano foi deixado em uma escola municipal da zona norte de Maringá pela mãe de forma definitiva. Ao entregar o filho, a mãe – Nayara de Andrade – disse que não tinha onde criar a criança e pediu para que o menino fosse encaminhado para o Conselho Tutelar.

Nayara, de 27 anos, foi localizada pela equipe Pinga Fogo e durante entrevista, alegou que cometeu o ato por desespero. Ela morava em uma casa com outras seis pessoas da família. A casa é pequena e o menino vivia em condições precárias. Durante a reportagem, a mulher disse que até começou a construir uma casa, mas por falta de condições, não finalizou a obra.

A história levada ao ar, sensibilizou os apresentadores Juliano Pinga e Beija Flor que deram início a uma campanha. Em pouco tempo, parceiros de diversos segmentos ofereceram ajuda com materiais de construção, mão de obra e até a mobília para a casa. A obra levou quase quatro meses para ser concluída. Nesta sexta-feira, 14, durante o Programa Pinga Fogo na TV, reportagem de Márcio Gomes e Bruno Moreira mostrou além da casa, a alegria da criança que voltou para os braços da mãe.

Durante a obra, a criança ficou em um abrigo e depois viveu com uma família acolhedora.
Veja a reportagem que foi levada ao ar.

 

COMPARTILHAR