Condolências: Rosângela Machado, a Nana, morre aos 54 anos com suspeita de coronavírus

618

A cuidadora de idosos Rosângela Machado, de 54 anos, a Nana morreu na tarde desta quarta-feira, 25, com suspeita de coronavírus. Ela era casada com o professor José Francisco o ‘Mochila’ da Banda Poeirão e mãe de José Francisco Júnior, Gabriel Machado e de Bruno Machado. Nana morava com a família no conjunto Sanenge na zona sul da cidade.

A morte dela gerou muita repercussão e comoção nas redes sociais. De acordo com amigos da família, dias antes, ela e o marido havia retornado de viagem do nordeste. Para chegar a Maringá, fez conexão em Guarulhos (SP) no dia 11 de março, onde permaneceu algumas horas. Após chegar em casa, não manifestou sintomas o que ocorreu quatro dias depois. Nove dias depois do retorno, o quadro clínico agravou e a mulher morreu após sofrer parada cardiorrespiratória.

Segundo nota do hospital, a paciente foi internada na sexta, 20, com sintomas compatíveis com coronavírus, e foi aplicado os protocolos de prevenção, com isolamento e coleta de amostras para exames. O resultado ainda não saiu, portanto, o caso é tratado como suspeito. O estado de saúde de Rosângela agravou-se domingo, 22, necessitando
transferência para Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Apesar de todos os procedimentos adotados sua recuperação, a paciente evoluiu para óbito. “A direção do Hospital Metropolitano externa seu sentimento de pesar à família e reitera seu compromisso com a vida”, destacou a nota do Metropolitano.

Por conta da suspeita, o corpo de Rosângela foi cremado e não houve velório. Os nossos sentimentos a família e amigos.

 

COMPARTILHAR