A CIDADE

Morre Juarez Arantes, o excêntrico milionário considerado um dos homens mais ricos de Maringá

O milionário Juarez Artur Arantes, de 81 anos, tido como o homem mais rico de Maringá, morreu na noite desta terça-feira, 21, depois de uma semana internado na Santa Casa, onde era tratado das consequências de um acidente vascular cerebral (AVC). Ele foi encontrado caído no quarto de hotel em que morava, no Centro de Maringá.

O sepultamento será às 14 horas no Cemitério Municipal, mas não haverá velório. Segundo o Prever, Arantes terá ‘sepultamento direto’.

Arantes era proprietário de dezenas de fazendas espalhadas pelo Brasil, uma delas, no Tocantins, tem mais de 3,3 mil hectares, também foi proprietário de quase todo o Setor 10 de Maringá, área em que no passado foi um distrito industrial conhecido “Região da Sanbra”.

Mas, ele ficou mais conhecido por sua excentricidade e pelas disputas do patrimônio com a família. A briga chegou a tal ponto que quatro dos cinco filhos do milionário entraram na Justiça para afastá-lo da gerência da Uiramutã Administração e Participação S/C Ltda, empresa que controlava dezenas de fazendas no Estado do Tocantins.

Entre as maluquices de Juarez Arantes, algumas das mais conhecidas são o fato de ter passado a vida em um quarto de hotel e ter como seu carro principal um Ford Del Rey azul ano 1986. Também chegou a ser despejado do hotel em que morava no Centro de Maringá por insistir em fumar no quarto, o que perturbava os hóspedes do andar inteiro.

Reportagem de Luiz de Carvalho – O Maringá