A CIDADE

Com cassação de Francischini, deputado Do Carmo, de Maringá, também perderá o mandato

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou nesta quinta-feira, 28, o mandato do deputado estadual do PSL Fernando Francischini. O placar pela cassação do deputado foi de 6 a 1. A decisão foi tomada por conta de uma live feita no dia das eleições, julgada como fake news. A cassação impacta diretamente o deputado estadual de Maringá Paulo Rogério Do Carmo, que perderá o mandato, já que os votos da coligação foram invalidados e será necessária nova contagem.

“Com esta decisão unilateral, em que nossos direitos constitucionais não foram observados, teremos brutalmente nosso mandato interrompido. Porém nosso trabalho em busca de Justiça e em benefício da nossa gente irá continuar”, explica Do Carmo, que vai recorrer junto ao Supremo Tribunal Federal (STF). O maringaense já está em Brasileira para apresentar o recurso.