ESPORTES

Juares Santos, de Maringá, conquista ouro duplo em internacional de Jiu-jitsu no Rio de Janeiro

O atleta de Maringá Juares Santos da equipe Dennis Jiu-jitsu Club manteve a boa sequência de vitórias e conquistou mais dois títulos importantes para o currículo. No último fim de semana, Santos foi até o Rio de Janeiro e faturou duas medalhas de ouro – nas categorias pesadíssimo e absoluto (que envolve atleta de todas os pesos) – no Internacional Master de Jiu-jitsu – organizado pela Confederação Brasileira de Jiu-jitsu (CBJJ).

Acompanhado do professor Anderson Sarris o ‘Magrinho’, o competidor – que segue se recuperando de lesões no joelho e punho – logo na primeira luta sofreu um entorse no tornozelo. A contusão não o impediu de fazer boas lutas. Juares readaptou o jogo e simplesmente ‘passou o carro’ nos adversários. Em quase todas as lutas, ele finalizou os adversários.

“O Juares é um atleta muito focado, comprometido em representar a equipe da melhor maneira possível, ouve as orientações mesmo estando concentrado na luta, e as executa no momento certo, isso é fruto de muito treino, dedicação da parte dele, e com a importante ajuda da equipe nos treinos ele vem ajustando o seu jogo cada vez mais, e com isso resultados como esse estão aparecendo”, diz o professor Sarris.

No retorno a Maringá, o trabalho será mantido. “Acredito muito no poder da coletividade apesar do Jiu-Jitsu ser um esporte individual, cada membro da equipe é importante para a evolução de atletas. Agora já estamos focados para os próximos desafios, como o Sul-americano e o Brasileiro da CBJJ, o trabalho continua e vamos estar prontos”, completa o professor.

O responsável pela equipe Edenilson Roberto Siqueira de Lima o ‘Dennis’ considera a conquista mais uma passo importante para a equipe. “É um resultado muito bom. O Juares tem se destacado por conta realmente do esforço dele e de toda a equipe. Vamos manter o foco, porque tem boas competições até o fim do ano e as chances de bons resultados dele e de outros competidores são muitas”, destaca.

“Quero agradecer em primeiro lugar a Deus, minha esposa Caina dos Santos que me dá todo o suporte para participar das competições, agradecer aos professores Anderson Sarris e Edenílson Lima. O campeonato foi muito difícil e é um dos mais disputados do mundo. Continuamos mantendo o foco e com o propósito para que a gente consiga daqui a 30 dias conquistar um novo título”, agradece Santos.

A próxima competição no calendário da CBJJ que a equipe participa é o Sul-Americano que será realizado no fim de agosto também no Rio de Janeiro.