POLICIAL

Polícia prende no PR e em SP grupo envolvido em roubo e morte de DJ e empresário de Maringá

Foi preso no início da tarde desta quinta-feira, (8), pela Polícia Militar, em uma rodovia do Estado de São Paulo, mais um homem que teria envolvimento no latrocínio do empresário e DJ Tiago Alan dos Santos, de 39 anos, assassinado no dia 28 de Junho, durante um assalto registrado na cidade de Mandaguaçu. Alisson Douglas dos Santos Marangoni, vulgo “Boi”, estava em ônibus de linha. O coletivo saiu de São Paulo com destino a Maringá.

Com informações repassadas através dos investigadores da polícia civil de Mandaguaçu e Divisão de Homicídios de Maringá, os agentes da PRF interceptaram o ônibus e realizaram a prisão do suspeito. Ontem (quarta-feira) e hoje, durante uma ação conjunta das delegacias de Mandaguaçu e Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa de Maringá (DHPP), com o auxílio da Polícia Rodoviária Estadual de SP, 4 pessoas envolvidas na morte do DJ maringaense foram presas.

As prisões aconteceram nas cidades de Ourinhos (SP)  Maringá e Mandaguari. Em São Paulo ontem a noite, foram presos dois homens, e uma mulher foi detida na zona sul de Maringá. Entre os detidos na cidade de Ourinhos, está o atirador que confessou para a polícia, ter matado a vítima. Foram presos até o momento, Adrian Igor Andrade de Brito, de 19 anos, (atirador), Carlos Henrique Gomes, de 31 anos, (motorista da quadrilha), Alisson Douglas dos Santos Marangoni, vulgo “Boi”, além de outras duas mulheres.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Valdir Adão Samparo, existe a possibilidade, de ocorrer novas prisões nas próximas horas. Já que outros suspeitos, estão foragidos. Durante entrevista coletiva a imprensa na manhã de hoje na 09°SDP, o delegado fez questão de destacar o trabalho e o comprometimento dos investigadores entorno deste crime.

Repórter Corujão