POLICIAL

PC prende suspeito de executar travesti e uma amiga na zona norte de Maringá

Foto e informações - Repórter Corujão

Investigadores da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Maringá, prenderam na tarde desta terça-feira, (15), em Mandaguaçu, o principal suspeito de ter envolvimento em um duplo homicídio registrado no dia 30 de Maio, na zona norte de Maringá. Na ocasião, a travesti Jean Vinícius  Inácio da Silva, de 18 anos que era conhecida como Thainara Moraes e a amiga Janine Naomi Ferreira dos Santos, de 20 anos, foram executadas no interior de uma residência no Conjunto Habitacional Requião.

Gustavo J.Q.V. da S., de 22 anos, conhecido como Grudi, foi preso por força de um mandado de prisão temporária, expedido pela 1° Vara Criminal de Maringá. O suspeito, nega a autoria do crime. A princípio uma dívida de drogas, teria sido a motivação da dupla execução. O trabalho investigativo realizado pela DH, aponta que ao menos três pessoas teriam participado do crime. Um mandante, e a princípio dois executores.

A Polícia Civil já teria identificado os outros suspeitos. A PCPR, informa, que o homem preso na data de hoje, é investigado em um outro duplo homicídio registrado no ano de 2019, na cidade de Mandaguaçu. Na época, um casal foi morto a tiros dentro de uma casa. Grudi está recolhido à disposição da Justiça em Maringá.