POLICIAL

Mulher é torturada e tem o cabelo raspada após ação de criminosos em Sarandi

Um casal de 27 anos, passou por momentos de terror nas mãos de traficantes, em Sarandi. O crime ocorreu na tarde desta sexta-feira, (11), e no início da noite todos os envolvidos, foram presos após uma ação conjunta da Polícia Civil de Sarandi e Guarda Municipal. Ao todo 8 pessoas foram conduzidas até a delegacia para serem tomadas as providências cabíveis. De acordo com o delegado Adriano Garcia Evangelista, por volta das 15h30, as autoridades policiais tomaram conhecimento de uma tentativa de homicídio registrada na Rua Curitiba, no Jardim Cometa.

Ao chegarem no endereço, Agentes da Guarda Municipal e Policiais Militares, se depararam com Luiz Fernando Ferreira, dentro de um bar apresentando ao menos 5 perfurações causadas por golpes de faca. Aos policiais, o rapaz relatou que havia sido ferido em um outro local, e que foi até o estabelecimento comercial pedir ajuda. Ferreira foi socorrido pelas equipes de resgate do Samu e Siate, e encaminhado até o Hospital Universitário Regional de Maringá.

Ao ficar sabendo que a vítima estava consciente e orientada, um investigador da PCPR, foi até a Unidade Hospitalar conversar com a mesma, no intuito de esclarecer o ocorrido. Em uma breve conversa com o policial civil, o rapaz relatou que ele e a esposa são usuários de drogas, e que no início da tarde eles foram sequestrados por um grupo de pessoas. O casal foi levado até uma residência no Jardim Verão. Na casa ele foi esfaqueado e na sequência liberado pelos criminosos que ficaram em poder da sua esposa, torturando a mesma e desferindo contra ela diversas ameaças de morte.

Diante dessas informações, o policial civil repassou todos os detalhes ao delegado Adriano Garcia, que prontamente acionou o apoio da Guarda Municipal, e em poucos minutos montaram uma força tarefa para chegar até os envolvidos e libertar a mulher que estava sendo torturada em um cativeiro, e corria risco de morte. Durante diligências, a autoridade policial (delegado) identificou um dos criminosos que já era investigado pela polícia civil de
Sarandi, pela suspeita de homicídio.

Durante essa ação integrada, a casa dos traficantes foi cercada pelos investigadores e agentes da Guarda Municipal, que invadiram o local e se depararam com a muller toda machucada e com a cabeça raspada. Além de agredirem a vítima com extrema violência, os traficantes cortaram o cabelo da moça e realizaram a tortura psicológica. No imóvel os policiais encontraram, maconha, crack, balança de precisão, dinheiro trocado, possivelmente oriundo da traficancia e toda a contabilidade do tráfico.

Das oito pessoas detidas, a autoridade policial relatou que três tem envolvimento direto nos crimes praticados contra o casal. Um dos presos é suspeito de ter matado o próprio pai. As investigações apontam que o crime praticado contra o rapaz ferido a golpes de faca e a esposa do mesmo, havia sido motivado por conta de uma dívida de entorpecentes. Os envolvidos irão responder por uma série de crimes. Para o delegado de Sarandi, possivelmente a mulher seria assassinada. A ação rápida por parte da PCPR e GM, evitou o crime de homicídio.

Repórter Corujão