ESPORTES

Maringá FC perde para o FC Cascavel na primeira partida das quartas de final do Paranaense

Foto - Rodrigo Araújo/MFC

O Maringá Futebol Clube foi derrotado para o FC Cascavel na primeira partida das quartas de final do Campeonato Paranaense, por 2 a 1 na tarde desta segunda-feira, 17, no Estádio Regional Willie Davids em Maringá. Agora o Tricolor precisa de uma vitória simples no jogo de volta para levar a disputa para os pênaltis ou vencer por mais de um gol de diferença para a classificação direta.

O jogo começou equilibrado e quem fez a diferença foi o zagueiro Vilar, que aos 14 minutos abriu o placar, de cabeça, após cobrança de falta de Bassani. Logo em seguida, aos 19, o FC Cascavel empatou com Robinho, em cobrança de falta. Aos 25 minutos, o árbitro Rodolpho Toski expulsou o lateral direito, Paulinho, após aplicar o segundo cartão amarelo no atleta em uma falta cometida próximo da área.

Com um a menos o Maringá FC precisou se reorganizar em campo e a proposta ofensiva deu lugar para a defensiva e explorando os contra ataques. Foi assim que o Tricolor quase chegou ao segundo gol. Primeiro com Bassani, que arrancou pela esquerda e bateu forte, mas a bola foi por cima, depois com Robertinho, que na entrada da área bateu colocado e a bola bateu no travessão e saiu pela linha de fundo.

No segundo tempo o Cascavel pressionou, mas não teve grandes oportunidades de gols até os 33 minutos, quando Léo Itaperuna recebeu sozinho dentro da área para virar o marcador. No final o MFC ainda teve uma boa oportunidade com Ebere e em um cruzamento da esquerda que quase saiu gol contra.

No final do jogo o técnico Jorge Castilho lamentou a expulsão, mas disse ter gostado da entrega dos jogadores e da disciplina tática da equipe. “É muito difícil você jogar com um jogador a menos desde os 25 minutos da primeira etapa, sem dúvida hoje isso fez a diferença. Enquanto estávamos 11 contra 11, estávamos muito bem no jogo, com nossa proposta sendo colocada em prática e inclusive saímos na frente no placar. Com um a menos tivemos que mudar tudo e temos que enaltecer a entrega dos atletas em campo. O Cascavel é uma equipe muito qualificada então foi importante termos suportado bem a pressão deles, mesmo tendo tomado a virada. O resultado ainda está em aberto, vamos para Cascavel buscar a vitória e confio muito em todos os atletas que estão aqui”, disse o treinador Jorge Castilho.

O Maringá se reapresenta na tarde desta terça-feira, 18, no CT do Maringá e na quarta pela manhã realiza os exames da COVID-19, treina e logo em seguida embarca para Cascavel.

Por assessoria de imprensa.