A CIDADE

Maringá perde uma das principais lideranças do comércio: morre Ali Wardani vítima da Covid 19

Maringá perdeu na madrugada deste domingo, 21, uma das principais lideranças no comércio local. O empresário Ali Wardani, de 69 anos, faleceu na UTI do Hospital Bom Samaritano após apresentar complicações da Covid-19. Ele estava internado há mais de 10 dias e foi intubado na última quarta-feira, após o quadro clínico se agravar. Na madrugada de hoje, veio a triste notícia.

Ali Saadeddine Wardani era presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Maringá (Sivamar). Ele nasceu no Líbano em 1951, chegou ao Brasil, junto com sua família, em 1961. A família mudou-se para Maringá em 1967. Ele se formou em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual de Maringá em 1981. Na cidade, fundou e foi presidente da Sociedade Beneficente Muçulmana. Ele era casado com Jamili Ahmed Abou Nouh Wardani e eles têm dois filhos Hussein Ali Wardani e Samia Ali Wardani.

Em 2017, recebeu o título de Cidadão Benemérito de Maringá. Os nossos sentimentos aos familiares e amigos.

A prefeitura emitiu a seguinte nota de pesar:

“A Prefeitura de Maringá, em nome do prefeito Ulisses Maia, lamenta a morte do líder empresarial e associativista Ali Saadeddine Wardani, ilustre Cidadão Benemérito de nossa cidade e presidente do Sindicato do Comércio – Sivamar. Ali Wardani atuou em inúmeros projetos comunitários, inclusive celebrando parcerias com o Município, sempre em nome do desenvolvimento econômico e social. Uma das mais importantes de suas ações foi ter sido um dos incentivadores e fundador da Cooperativa de Crédito Sicoob Metropolitano. Maringá perde uma grande liderança, empresário e um cidadão do bem, que deixará saudades entre os familiares e amigos. Nossos sentimentos.”