Suspeito estava com uma pistola calibre 380
POLICIAL

Jovem reage a abordagem policial e é morto por uma equipe da PM na zona sul

O jovem Rafael Nunes dos Santos, de 19 anos, conhecido como “Pita” morreu na tarde deste sábado (13), após, segundo a Polícia Militar, reagir a uma abordagem policial. Santos contava com diversos antecedentes criminais e fazia o uso de tornozeleira eletrônica. De acordo com a PM, uma equipe do Pelotão de Choque, realizava patrulhamento pela avenida Carmem Miranda, zona sul de Maringá, quando avistou o rapaz que ocupava um veículo Fiat Stilo de cor preta.

Os policiais montaram um bloqueio e deram ordem de parada ao motorista, que desobedeceu a determinação policial e fugiu. Diante desta situação, os policiais foram atrás do jovem. Próximo ao Distrito do Vale Azul, no limite de Maringá com Sarandi, a equipe aproximou-se do veículo suspeito, e novamente deu ordem de parada ao motorista.

Nesse momento o ex-presidiário sacou de uma arma de fogo e apontou para os policiais que atiraram. Pita foi alvejado e morreu dentro do carro. Socorristas estiveram no local, porém nada pode ser feito. Ele portava uma pistola calibre 380, municiada. Santos suspeito de ter praticado o furto de uma caminhonete Toyota Hilux, na noite desta sexta-feira, 12, na cidade de Paranavaí. O veículo foi visto ontem trafegando por uma das avenidas da cidade. Após os procedimentos de praxe, o corpo do criminoso foi removido e encaminhado ao IML.

Com informações do Repórter Corujão