POLICIAL

Em madrugada violenta, Marialva registra dois homicídios em intervalo de duas horas

A madrugada deste sábado, 13, foi marcada pela violência em Marialva. Dois jovens foram mortos a tiros em um intervalo de duas horas em chácaras de lazer no município. As informações são do Portal Tribuna Interativa. O primeiro homicídio foi por volta da 1h30 na entrada da Chácara Menegassi, localizada na Estrada Terra Roxa, próximo ao pedágio.

Um jovem de Mandaguari, identificado como Guilherme Henrique Matos de Oliveira, de 22 anos foi morto com dois tiros que atingiram o tórax e a cabeça. De acordo com os relatos das testemunhas, acontecia uma festa no local, e o suspeito de ter cometido o assassinato teria tentando entrar na chácara, mas foi barrado pela segurança que notou que ele estava armado. O rapaz, que estava no interior da chácara, foi chamado por colegas para fora quando foi surpreendido pelo atirador que após os disparos fugiu.

O segundo assassinato aconteceu a aproximadamente mil metros do local do primeiro crime. Um jovem identificado como Tiago Bento Alves, de 27 anos, estava em uma festa de aniversário com cerca de 20 convidados em outra chácara de lazer, quando o atirador pulou o muro e disparou diversas vezes. Tiago foi atingido no tórax e na nuca, e não teve tempo de ser socorrido. Uma mulher que seria esposa da vítima foi baleada na mão e uma terceira pessoa foi baleada no ombro e deixaram o local lavados por amigos até a UPA de Sarandi aonde foram socorridas.

De acordo com as testemunhas, as vítimas seriam de Maringá. O Instituto Médico Legal foi acionado e após os procedimentos de praxe, o corpo foi removido. A polícia acredita que não haja ligação entre os homicídios. Com esses dois crimes, Marialva chegou ao número de quatro homicídios em 2021.