A CIDADE

Com ativação dos radares da Colombo, multas por excesso de velocidade crescem quase 200%

Foto - Bruno Moreira - Equipe Pinga Fogo

Com início do funcionamento dos radares na avenida Colombo, as multas por excesso de velocidade aplicadas em Maringá aumentaram 195% em dezembro de 2020 no comparativo com o mês anterior. De acordo com o balanço da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), foram aplicadas no mês passado, 23.601 multas – o maior número em um intervalo de 30 dias, desde outubro de 2013 quando houve o registro de 24.766. Somente na Colombo – trecho urbano da BR 376 – foram 13 mil aproximadamente.

Em novembro, quando os 12 radares da avenida ainda não estavam emitindo multas, foram aplicadas 8.009 notificações por excesso de velocidade. Ao longo do ano passado, os radares aplicaram 113.953 multas. Os avanços de semáforos renderam ao todo em 2020, 64.357 autuações. Nesse tipo de infração, dezembro foi o mês com o maior número de multas – 7.735.

O balanço da Semob revela ainda um total de 17.271 aplicadas pelo Estar e 32.809 multas pelos agentes da secretaria pelas mais variadas infrações. Em 2020, foram contabilizadas 229.240 multas e no ano de 2019 o total de multas foi de 306.526.

Veja aqui o relatório completo da Semob.