POLICIAL

Mulher é morta a pauladas em Sarandi. Companheiro é preso em flagrante pela PM

Tatiana da Silva Batista, de 31 anos, foi brutalmente assassinada pelo próprio companheiro, no final da tarde deste domingo, (15/11), em Sarandi. O crime com requintes de crueldade, ocorreu no interior de uma residência na rua Carvalho, no Jardim Monte Rey. Tatiana foi agredida com pauladas na cabeça, até a morte. Ela morreu na frente do filho e de uma sobrinha.

Socorristas do Samu e Corpo de Bombeiros, foram acionados pelos vizinhos, e em poucos minutos chegaram no imóvel. Porém, os ferimentos causados na vítima, foram incompatíveis com a vida. Após matar a esposa, o assassino fugiu. Minutos depois, policiais militares da Rotam, conseguiram localizar o criminoso. Sérgio Marins da Silva, de 20
anos, estava escondido na casa do pai.

Silva foi conduzido até a delegacia de Polícia Civil e autuado em flagrante pelo crime de homicídio duplamente qualificado com o agravante de feminicidio. O pedaço de madeira usado no crime, foi apreendido. Segundo familiares, o casal estava juntos há aproximadamente dois meses. Adriano Garcia, delegado titular da DP de Sarandi, que entrou de férias nesta segunda-feira, 16, esteve na cena do ocorrido.

O delegado fez questão de parabenizar o trabalho da PM que realizou a prisão do marido assassino. O pai do criminoso também foi conduzido até a delegacia de Polícia Civil. Havia a suspeita dele ter dado fuga para o filho.

ANÚNCIANTES VIP´S