PARANÁ

Governo publica mais uma licitação para duplicar outro trecho da PR 323

O Governo do Paraná publicou nesta sexta-feira (13) o edital de licitação para a duplicação da PR-323 no perímetro urbano de Umuarama. O trecho é de 4,4 quilômetros, e vai do trevo do “Gauchão” até o acesso à Mariluz, no entroncamento com a PR-468. Também serão construídas vias marginais nos dois sentidos, além de duas intersecções em desnível: uma no trevo do “Gauchão” e outra no acesso à Mariluz.

O valor estimado para o empreendimento é de pouco mais de R$ 81 milhões. A obra está incluída no Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná e conta com financiamento do Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID).

As empresas interessadas em participar do certame licitatório têm até o dia 16 de dezembro para enviar suas propostas. A sessão de abertura dos envelopes está marcada para o próximo dia 17 de dezembro, às 14 horas, com transmissão ao vivo pelo YouTube.

DESENVOLVIMENTO – O secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, destacou que a população de Umuarama e região reivindica a duplicação desse trecho há muitos anos, e que o lançamento do edital é um passo importante para concretizar a obra e garantir desenvolvimento à região.

Segundo ele, a intervenção na PR-323 é uma das obras mais importantes para o governo Ratinho Júnior. “Tanto que já abrimos uma licitação que é a duplicação até o Rio Ivaí, e estamos com a segunda agora, que é do trevo Gauchão ao acesso a Mariluz. Nos próximos dias ainda teremos a licitação de terceiras faixas, conforme determinação do governador. É um investimento importante para uma das principais artérias do Estado”, disse.

De acordo com o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER/PR), Fernando Furiatti, a licitação da obra ainda em 2020 foi planejada pela administração estadual para que a duplicação possa ser concluída até o início de 2022.

“Serão 4,4 quilômetros de duplicação em um trecho de perímetro urbano, onde implantaremos mais de 8 quilômetros de vias marginais, além de duas obras de arte especiais: as interseções em desnível para acesso à Mariluz e ao trevo do Gauchão”, explicou. “É uma obra complexa, mas trabalharemos com tempo de conclusão de 12 meses, para diminuirmos os impactos à comunidade durante o período de execução”, afirmou.

OBRA – O trecho que será duplicado inicia no km 299,6 da PR-323, pouco antes do trevo do “Gauchão” (entroncamento da PR-323 com a avenida Ângelo Moreira). Neste ponto a rodovia será rebaixada de 7 a 8 metros, preservando o alinhamento e os acessos dos empreendimentos que ficam na margem da rodovia, e fazendo com que a trincheira de acesso passe por cima da rodovia.

Ao longo de todo o trecho estão previstas agulhas de entrada/saída da rodovia e das marginais, o que proporciona aos motoristas que percorrem o segmento entrar e sair das vias com mobilidade adequada, possibilitando acesso ao aeroporto e demais empreendimentos nas margens da rodovia e respeitando as distâncias previstas nos manuais de projetos rodoviários.

No trevo de acesso à Mariluz (PR-468) haverá uma nova interseção em desnível, dando maior mobilidade de retorno para os veículos que acessam o parque industrial. Diferente do acesso ao “Gauchão”, no entroncamento de acesso à Mariluz a rodovia passará por cima, possibilitando que as marginais fiquem em nível, e fazendo com que o acesso à PR-468 passe por baixo da rodovia.

Após a interseção em desnível, a duplicação e as vias marginais seguem por pouco mais de 700 metros, e terminam no km 304,1 da PR-323.

TRANSPARÊNCIA – Em conformidade com as políticas do BID, que financia a obra, o DER/PR realizou consulta pública para apresentar o projeto à população. O evento foi realizado em outubro e teve transmissão ao vivo pelo YouTube. A Consulta serviu para que os moradores e demais lideranças locais pudessem conhecer e tirar dúvidas a respeito do empreendimento. Os materiais apresentados na Consulta seguem disponíveis no site do DER/PR.

LICITAÇÃO – Com o edital publicado nesta sexta-feira, as empresas interessadas em participar do certame devem enviar suas propostas até o dia 16 de dezembro. A abertura dos envelopes está programada para às 14h do dia seguinte, na sede do DER/PR e com transmissão ao vivo pela internet.

O edital acontece na modalidade de Licitação Pública Nacional, em que o critério a ser avaliado nas propostas de preço é o menor valor oferecido, desde que atendidas as qualificações para habilitação técnica previstas no edital. Todos os documentos referentes a essa licitação estão disponíveis no site Compras Paraná.

EM ANDAMENTO – Atualmente, estão em andamento as obras de duplicação de pouco mais de 20 quilômetros da PR-323 no trecho entre Paiçandu e Doutor Camargo. Com término previsto ainda para 2020, essas intervenções também passaram a contar com financiamento do BID. Até o momento, cerca de 83% desta obra já está concluída.

Já o trecho seguinte, que vai de Doutor Camargo até um quilômetro antes da margem do rio Ivaí teve a licitação publicada no último mês de outubro. A previsão é que as obras nesse trecho, de pouco mais de 6 quilômetros, iniciem em 2021.

ANÚNCIANTES VIP´S