REGIAO

Justiça indefere candidatura de De Paula a prefeito de Sarandi

A Justiça indeferiu a candidatura da coligação “A transformação voltará” dos partidos Solidariedade, PP, PSL, Patriota, PSB, DC e MDB – de Carlos Alberto de Paula Júnior (PP) a prefeito de Sarandi. A decisão é do juiz da 206ª Zona Eleitoral Ketbi Astir José. O pedido de impugnação partiu da coligação “Sarandi não pode parar” do atual prefeito  Walter Volpato (PSD).

De acordo com a sentença, a chapa de De Paula está inelegível com base no artigo 1º, I, “g” da lei complementar 64/90 – condenação, por órgão colegiado, por ato doloso de improbidade administrativa que importou lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito. O Tribunal de Contas da União reprovou as contas relacionadas a um contrato de repasse de 2009, em decisão irrecorrível. Trata-se de obra de pavimentação, no valor superior a R$ 10,4 milhões, de cujo certame foram inabilitadas indevidamente quatro de cinco empresas concorrentes. A impugnação também foi solicitada pelo Ministério Público Eleitoral.

A Justiça Eleitoral concluiu que De Paula está inelegível até maio de 2023 (prazo de 8 anos estabelecido na legislação A decisão inviabiliza a chapa, que tem José Roberto Grava na vice, mas cabe interposição de recurso. Veja aqui, a decisão da Justiça Eleitoral.

Leonardo Filho – Com informações de Ângelo Rigon

ANÚNCIANTES VIP´S