POLICIAL

Presos que fizeram live em Sarandi são transferidos para a Casa de Custódia de Maringá

Reprodução - Youtube

A Polícia Civil de Sarandi e o Departamento Penitenciário (Depen) identificaram os responsáveis por uma live (transmissão ao vivo) feita dentro da cadeia. O vídeo ganhou grande repercussão após a divulgação nas redes sociais (veja aqui). No youtube, chegou, na tarde desta sexta-feira, 22, a marca de 48 mil visualizações. Ao todo, cinco presos que aparecem nas imagens.

Após a live, os presos foram transferidos para a Casa de Custódia de Maringá. O Setor de Operações Especiais (SOE) do Depen fez uma operação na quinta-feira, 21 e apreendeu 10 aparelhos de telefone celular – um deles foi usado para fazer a transmissão. Os detentos vão responder pelo crime de introduzir aparelhos de telefone celular dentro do presídio.

Dentre os que aparecem na transmissão, está Leandro Rosa Queiroz, de 19 anos. Segundo a polícia, ele tem antecedentes por roubo, furto e homicídio. Em um dos crimes praticados, Queiroz chegou a trocar tiros com policiais. Gabriel Surany, 19, também é outro que aparece no vídeo. Ele foi preso recentemente sob suspeita de matar um jovem com mais de 20 facadas em Sarandi.

Leonardo Filho – Da redação

ANÚNCIANTES VIP´S