ESPORTES

‘Véio’ Jefão: uma história de superação e dedicação ao jiu-jitsu

O despertar para o esporte veio na maturidade, já aos 45 anos. Foi durante uma competição de Jiu-jitsu em que ele viu um atleta leve de 65 quilos, finalizar um competidor muito mais pesado – 130 quilos. O desempenho chamou a atenção de Jefferson Martinez, o ‘Jefão’ que decidiu começar a treinar.

“Sempre fui atleta. Fiz Taekwondo por muitos anos, mas estava há 25 anos parado. Convivia com obesidade, pressão alta, depressão e sedentário. Um dia assistindo a luta me inspirou e comecei a treinar”, contou Jefão. Foi então que ele procurou a equipe Dennis Jiu-jitsu Club comandada pelo professor Edenilson Roberto Siqueira de Lima.

O gosto pela arte suave despertou nele a vontade de competir. Inspirado pelos colegas de tatame, aos poucos, foi entendendo aprimorando o conhecimento e se inscrevendo em competições importantes. Foi campeão sul americano, de vários abertos em Curitiba, Florianópolis e Rio de Janeiro nas faixas branca, azul e roxa.

Hoje, aos 50 anos, Jefão é inspiração para os colegas da academia. “É o nosso competidor mais veterano e sempre representa muito bem a equipe. Tem uma história de superação que serve de exemplo”, comentou Dennis.

Semente
Inspirado pela garra dentro de casa, o filho Caio Augusto – hoje com 15 anos – rapidamente seguiu os passos do pai. Ele começou a treinar ainda criança com nove anos e a exemplo de Jefão vem se destacando em competições. O adolescente é faixa verde da equipe Dennis Jiu-jitsu Club e já tem no currículo medalhas importantes.

“É um atleta de muita dedicação e com certeza, vai render muito ainda nas competições”, disse o pai coruja. Mesmo em um período em que os treinos estão suspensos, pai e filho mantém o foco em preparação física e tão logo haja o retorno nas competições, serão vistos nos tatames do Brasil.

 

ANÚNCIANTES VIP´S