MP abre inquérito contra vereadores para apurar o uso de carro oficial para fins particulares

161

O promotor do patrimônio público de Maringá Pedro Ivo de Andrade instaurou inquérito civil para apurar a denúncia de uso de veículo oficial da Câmara de Maringá para fins particulares. Figuram como investigados os vereadores Sidnei Telles e o presidente do legislativo Mário Hossokawa.

O Ministério Público solicita a concessionária Viapar informações se algum veículo oficial da Câmara passou pelas praças de pedágio localizadas entre Maringá e Londrina entre às 2h e 11h do dia 11 de junho. Na data, Telles teria retornado de uma viagem particular ao Vaticano. O parlamentar teria solicitado que o motorista do Legislativo o buscasse no aeroporto de Londrina.

O motorista da Câmara também deverá ser ouvido em agosto. Em junho, a assessoria de imprensa da Câmara confirmou ao Programa Pinga Fogo na TV (TV Maringá/Band) que um funcionário do legislativo foi realmente a Londrina buscar o vereador que voltava de uma viagem à Roma. De acordo com a denúncia, esse transporte teria ocorrido dia 11 de junho, às 5h. A corregedoria da Casa vai apurar o caso.

Veja a íntegra do auto aberto pelo MP.

COMPARTILHAR