Homem que atirou em travesti se apresenta à polícia

206

O suspeito de atirar em um travesti no Centro de Maringá no último fim de semana, se apresentou com um advogado durante a tarde desta terça-feira, 11, na Delegacia de Homicídios. R.S.C, de 34 anos, apresentou aos policiais a arma usada no crime – uma pistola 380 – e relatou que teria agido em legítima defesa.

De acordo com a polícia, C. contou que não manteve relações com o travesti. Ele alegou que passava pelo local quando o travesti teria invadido o veículo e exigido dinheiro. O homem relatou que a vítima exigiu que fosse levado a um bar. Houve discussão entre eles dentro do veículo, momento em que o travesti pegou a chave do carro.

Ele tentou correr, mas foi baleado. Após cometer o crime, o atirador fugiu. Apesar de ser liberado, C. foi indiciado por tentativa de homicídio. O travesti – identificado como Rafael Oliveira Rocha, de 26 anos – que foi atingido nas costas não corre risco de morte.

COMPARTILHAR