Com o objetivo de capacitar a população para os primeiros atendimentos até que chegue o serviço especializado, o Samu 192 realiza no sábado, 15, o RCP Day – Dia da Reanimação Cardiopulmonar, no Catuaí Shopping. Médicos, enfermeiros, socorristas e demais profissionais da saúde vão orientar a comunidade para o ensino da massagem cardíaca e demais procedimentos que podem salvar vidas e evitar sequelas. A imediata reanimação cardíaca em casos de parada cardiorrespiratória pode dobrar até triplicar a chance de sobrevivência.
De acordo com a Associação Americana do Coração, a chance de sobrevivência cai 10 % a cada minuto sem socorro. Na parada cardiorrespiratória, a pessoa fica inconsciente, deixa de responder a estímulos e para de respirar. Entre outras causas, estão a obstrução de vias respiratórias, traumas, problemas cardíacos e choque elétrico.
“Ainda há medo e insegurança da população em fazer o primeiro socorro. O objetivo da capacitação é sensibilizar para o reconhecimento de uma parada cardiorrespiratória e uma pronta ação até a chegada do atendimento especializado”, enfatiza o diretor do Samu Regional, Márcio Ronaldo. “Em países desenvolvidos, até as crianças são treinadas. Embora a realidade nacional tenha mudado nos últimos anos, ainda há muito receio e desinformação”, acrescenta o diretor do Samu.
Em Maringá, é realizado o Samuzinho, projeto do Distrito Federal que orienta alunos de para orientar sobre o trabalho realizado pelos socorristas e os problemas causados pelos trotes. As ações explicam quando devem chamar o SAMU, porque e como chamar, além da visita à ambulância de atendimento.
Saiba mais
O RCP Day acontece entre as 13 e 17 horas no corredor de entrada do Catuaí Shopping Maringá. O RCP Day está em sua terceira edição e é uma realização da Prefeitura de Maringá, Samu 192, Catuaí Shopping Maringá. Conta com o apoio da Unimed, Proamusep, Corpo de Bombeiros, Salvar, UEM, Santa Rita Saúde, Unicesumar, Viapar e Uningá.
COMPARTILHAR