Médico do município é ‘emprestado’ pela prefeitura ao IML

221

O médico do município e ex-secretário de saúde de Maringá – Ênio Molina – emprestado pela administração municipal para ‘tapar um buraco’ na escala de legistas do Instituto Médico Legal (IML) começou a trabalhar nesta terça-feira, 23, no órgão.

A falta de médicos ficou evidenciada na semana passada após uma família ficar mais de 20 horas aguardando a liberação do corpo de uma vítima de acidente de trânsito. Um dos médicos confirmou que às terças-feiras não havia legista para a liberação de corpos.

O governo do Estado chegou a anunciar a autorização para contratar 40 médicos para o IML, sendo que dois viriam para Maringá, mas como essa contratação ainda não avançou o município ‘emprestou’ o médico para realizar esse serviço uma vez por semana.

Atualizado às 11h47 – O coordenador do Samu Maringá Marcio Ronaldo entrou em contato com o portal O Dia na Cidade e disse que Ênio Molina não integra o quadro de médicos do Samu, como foi divulgado anteriormente.

COMPARTILHAR